Carregando...
Showlivre.com
Cadastre-se / Entrar

Blog

A antropofagia de Iara Rennó para crianças de todas idades

Um dos destaques do primeiro semestre de 2018 na grade infantil da TV Cultura, o programa Pratinho da Iaiá, que logo deve ganhar uma segunda temporada, é apresentado pela cantora, compositora e multi-instrumentista paulistana Iara Rennó. 

Espécie de pássaro, que flana por uma floresta encantada, com atributos de feiticeira e chef de uma cozinha mágica, espaço onde sua personagem, Iaiá, entretém e cativa as crianças ligadas na atração, Iara aborda em cada um dos episódios, entre outras questões identitárias, a riqueza dos pratos típicos da cozinha brasileira.

Na feitura mágica de cada um desses pratos ela demonstra, em paralelo, o quanto as minúcias de uma receita de dar água na boca tem a ver com o preciosismo que também envolve a criação e o registro de uma boa composição. E é justamente esbanjando inventividade no trato de 14 novas canções que Iara coloca agora na praça o álbum Iaiá e os Erês, a trilha sonora do programa.

Entre outros artistas envolvidos na execução dos arranjos do álbum, estão músicos como Tatá Aeroplano (instrumentos de brinquedo), Amilcar Rodrigues (trompete), Simone Julian (saxofone tenor), Quincas Moreira (violoncelo), Curumin (bateria e programações eletrônicas), Gustavo Cabelo (guitarra), Lucas Martins (contrabaixo, sintetizador e guitarra) e Thomas Harres (bateria e percussão).

Enfatizando o aspecto pueril das 14 canções, Iara contou também com a participação de filhos de amigos, como Uma Gaetan (Ava Rocha e Negro Léo), Benedito Nakata (Anelis Assumpção e Curumim), Cora Becker (Marcelo Callado e Nina Becker) e José e Rosa Veloso, (Moreno Veloso e Clara Flaksman).

Também exuberante, o projeto gráfico de Iaiá e os Erês foi criado pelo artista visual MZK, conhecido no meio musical por assinar todas as capas dos discos da big-band paulistana Bixiga 70 (aliás, veja a capa do 4° álbum do grupo, que será lançado no próximo dia 19).

Lançada pela YB Musica, a trilha sonora do programa, com o perdão da previsibilidade do adjetivo e do comentário, é uma delícia, para crianças de todas as idades. Impossível não se encantar, por exemplo, com a sagacidade lírica e os arranjos de faixas como A Peruca do Curupira, Rosas Maravilhosas, Tubarão e Jacaré e Pirâmide.

Com a riqueza miscigenada das criações musicais de Iara, compositora que funde gêneros tipicamente brasileiros com linguagens estrangeiras, como o rock, o reggae e o funk –característica tão evidente na música adulta feita por ela em trabalhos como o díptico Arco e Flecha, seu mais recente álbum –, não é exagero dizer que Iaiá e os Erês tem a mesma eficácia lúdica de clássicos como Os Saltimbancos, adaptação de Chico Buarque para a obra-prima do maestro ítalo-portenho Luís Bacalov, e Vila Sésamo, trilha sonora composta pelos irmãos Paulo Sergio e Marcos Valle sob o codinome Trio Soneca.

Ouça o álbum Iaiá e os Erês e tire suas conclusões.

MAIS

Nesta quinta-feira (12), em sua conta no Instagram, Iara Rennó postou uma foto de Christian Von Alm (mesmo autor da foto de abertura desta resenha) e divulgou o seguinte texto:

"Compor para crianças é uma brincadeira deliciosa. Compor com crianças é adentrar um universo mágico, o mundo da imaginação onde existe tudo, até o que não existe, mas o que principalmente existe, é um mundo de amor. Por isso esse disco, Iaiá e os Erês, é pra mim uma benção. Essa personagem que crio e recrio - a Iaiá - é uma pássara-feiticeira cozinheira-artista, e pode ser também o que as crianças nela enxergarem. Na base do crer para ver, essa é a dádiva. Através do jogo, do lúdico, essas canções abrem as portas para o universo mágico da Iaiá e o erê de cada um. Ouça em todas as plataformas. Daqui a pouco disco físico na mão, e ja já, dias 21 e 28 tem show (saiba mais), para que possamos experimentar tudo isso ao vivo. Estou ansiosa e pra mim será também uma novidade. Um mergulho alto, um vôo profundo. Axe!"

Veja abaixo o show de Iara Rennó no Estúdio Showlivre em 2015, ocasião em que ela apresentou um mix dos repertórios dos álbuns Macunaíma Ópera Tupi (2008) e IARA (2013)

Inscreva-se em nosso canal no YouTube e tenha acesso a mais de 20 mil vídeos com o conteúdo exclusivo do showlivre.com.