Visualizações: 64763
Título: Bula no Estúdio Showlivre - Apresentação na íntegra
Descrição: O Bula, trio formado pelo guitarrista Marcão Britto, o baterista Pinguim (ambos ex-Charlie Brown Jr) e pela baixista Lena Pappini (ex-A Banca), apresentou seu álbum de estreia Não Estamos Sozinhos ao vivo no Estúdio Showlivre, dia 7 de maio de 2015. #Curta a nossa página no Facebook: https://www.facebook.com/showlivre #Siga-nos no Twitter: https://twitter.com/showlivre #Veja e curta as nossas fotos no Instagram: http://instagram.com/showlivre #E tem muito + do Bula no showlivre.com: http://bit.ly/1H25pvt +Showlivre, movido à música: http://showlivre.com/ Setlist: ____________ APRESENTAÇÃO 1. DILEMAS 2. DUAS CARAS 3. ELA NASCEU PRA MIM ______________ ENTREVISTA 4. DOSES GIGANTES 5. ARMAS DE LADO 6. VOAR COM VOCÊ __________________CHAMADA SHOWLIVRE 7. O SOL DELA BRILHOU 8. BILHETES DE IDA 9. EM ALGUM LUGAR __________________ PERGUNTA DOS FÃS 10. NÃO ESTAMOS SOZINHOS perfil: Formada há aproximadamente um ano, o Bula surge da vontade dos seus integrantes de seguir em frente, fazendo aquilo que mais gostam: música. A banda é composta pelos já conhecidos Marcão Britto e Pinguim, guitarrista e baterista, respectivamente, de um dos grupos de maior sucesso dos anos 90 e 2000, o Charlie Brown Jr.. Junto a eles, a baixista Lena Papini (ex- A Banca) compõe o trio que lança esse ano seu primeiro álbum, “Não Estamos Sozinhos” (Deck). O Bula foi criado num encontro entre Marcão e Lena, que queriam continuar produzindo o rock cheio de personalidade que sempre fizeram. Depois de um tempo, une-se a eles Bruno Graveto, também ex-baterista do Charlie Brown, para gravar esse primeiro trabalho. O disco foi gravado no estúdio Electro Sound (Santos – SP) e produzido por Marcão e André Freitas, este também responsável pela masterização e mixagem. Devido a uma incompatibilidade de agenda, Graveto deixa o grupo e Pinguim assume como baterista oficial do Bula. Registro muito especial do álbum, a inédita “Ela nasceu pra mim” foi uma das últimas escritas pelo vocalista do Charlie Brown Jr., Chorão, falecido no ano passado. A canção ainda traz uma participação muito saudosa: o baixo inconfundível de Champignon, também marcante na música de abertura, “Duas caras”. "É uma homenagem ao Champignon, pessoa importantíssima na minha vida. Ele gravou esse baixo incrível para ‘Duas Caras’ e achamos justo compartilhar com os fãs” – declarou Marcão.