MIS celebra Record Store Day no dia 22 de abril


O evento, que tem entrada gratuita, traz também shows das bandas Autoramas e Mundo Alto, palestras com importantes nomes do mercado fonográfico e oficina de DJ, entre outras atrações


O Record Store Day, que acontece anualmente desde 2007, é um dia de celebração no mundo todo das lojas de discos independentes. Fãs de música, artistas e centenas de lojistas se juntam para celebrar a cultura do LP, com lançamentos exclusivos, edições especiais e shows. Este ano, em que o evento chega a sua décima edição, a celebração acontece no dia 22 de abril. No MIS, instituição da Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo, a data será comemorada pelo terceiro ano consecutivo em parceria com a Locomotiva Discos.

A programação traz uma grande feira de discos, venda de vitrolas e toca-discos, palestras com importantes nomes da indústria fonográfica, oficina de DJ e show das bandas Autoramas (RJ) e Mundo Alto (SP), que lançam um compacto split na data. Os amantes da música também podem fazer um vinil em compacto na hora com o estúdio Vinyl Lab. Durante todo o dia haverá discotecagem e food trucks na área externa do museu.

A tradicional Feira de Discos, que já acontece em São Paulo desde 2011, ganha mais uma edição especial no MIS, que conta com cerca de 80 expositores entre lojas, sebos, colecionadores e vendedores especializados. Os visitantes encontram LPs importados, nacionais, raros, novos, usados, raridades, compactos, deluxe editions, box sets e singles. Além de comprar, o público também pode levar até 50 LPs usados para venda ou troca somente com os expositores. Também haverá venda de vitrolas e toca-discos promovida pela loja Passarela do Som. Uma novidade desta edição é a participação do Casarão do Vinil, um dos maiores acervos de discos de São Paulo com mais de 700 mil itens. O Casarão traz uma banca com discos de R$ 1,99.

Outro ponto alto da programação do RSD são as mesas redondas que acontecem no Auditório MIS, com personagens do mercado fonográfico debatendo quatro temas que representam a cadeia completa de uma loja de discos: Lojas de discos, Selos & gravadoras, Colecionismo de discos e a palestra A história da fábrica de discos, apresentada por João Augusto, da Polysom, única fábrica de discos em atividade na América Latina.

Para marcar o Record Store Day de 2017, a gravadora independente HBB (especializada em rock alternativo) lança um split das bandas Autoramas e Mundo Alto. O registro, em vinil sete polegadas na cor marrom e com projeto gráfico assinado por Antônio Augusto, conta com duas faixas de cada uma das bandas. O Autoramas apresenta uma versão alternativa de Quando a polícia chegar, carro-chefe do disco mais recente do grupo O futuro dos Autoramas (2016), e Misticismo, uma música da companhia de comédia Os Melhores do Mundo. Já o Mundo Alto leva para o registro em vinil a faixa Fase feita, em uma versão diferente da lançada no EP Mundo Alto (2014), e um novo arranjo para É Complicado&quot, do álbum A interminável necessidade de ser (2015). O split terá lançamento no MIS com show das duas bandas a partir das 15h.

A Vinyl Lab faz a estreia de sua estação móvel no Record Store Day no MIS. A empresa é a pioneira no Brasil a oferecer o serviço de gravação de discos ou lathe cut (corte com torno). Seu principal produto é o disco Lo-Fi gravado um a um em chapas de policarbonato com agulha de metal em uma máquina dos anos 1940. Assim qualquer pessoa que estiver no MIS terá a possibilidade de acompanhar a gravação ao vivo, ou ainda gravar sua própria música num disco Lo-Fi. Chegue cedo e traga seu pendrive com sua música autoral. A empresa não grava músicas de terceiros sem autorização.


Programação Completa do Record Store Day

Palestras
Local auditório MIS (172 lugares)
Ingresso gratuito – retirada de senha 1h antes de cada palestra na Recepção MIS
Duração 60 minutos cada

14h | Colecionismo de discos
Colecionadores de discos contam como começaram suas coleções, como é o hábito de colecionar e revelam seus discos preferidos.
Convidados: Luanda Baldijao, Italo Escarparo, Bruno Souto e Frederico Sartorelo
Mediador: Bento Araújo (Poeira Zine)

15h30 | Lojas de discos
Quatro lojas de discos foram chamadas para contar detalhes sobre como é administrar uma loja de discos nos tempos atuais, revelando histórias inusitadas e folclores desse universo.
Convidados: André Fiori (Velvet Discos), Alexandre Belforti (Museu do Vinil), Danilo Guedes (Mafer Records) e Marcio Custodio (Locomotiva Discos)
Mediador: Marcelo Costa (Scream & Yell)

17h | A história da fábrica de discos
Palestra apresentando os números do mercado no Brasil e no mundo, além de curiosidades e histórias sobre a fábrica de discos de vinil.
Convidado: João Augusto (proprietário da fábrica Polysom)

18h30 | Selos & gravadoras
Os convidados abordam nesta mesa redonda o mercado atual e falam dos desafios e dificuldades de manter um selo independente no Brasil.
Convidados: Frédéric Thiphagne (Goma Gringa), Caio Yoka (Somatória do Barulho), André Tor Tauil (Metal Maximus) e Antônio Augusto (Hearts Bleed Blue).
Mediador: Carlos Eduardo Miranda


SHhows
Local área externa
Ingresso gratuito – sujeito à lotação
Duração 40 minutos cada

15h | Mundo Alto
A banda paulistana lançou o primeiro CD EP em outubro de 2014, trabalho que já estava disponível em formato digital desde abril do mesmo ano. Com seis canções em português, o EP homônimo alterna passagens calmas e guitarras dissonantes ultra distorcidas, trechos sussurrados e acústicos seguidos de levadas mais rápidas e diretas. A Mundo Alto conta com arranjos reforçados por sintetizadores e instrumentos menos comuns em bandas de rock, como a escaleta e o glockenspiel. O repertório do Mundo Alto traz músicas de todas as fases da banda, como Planetário e O de sempre, por favor, do primeiro EP, e faixas como Cheio, Nada parece valer a pena e Futuro, do álbum A interminável necessidade de ser, além das faixas Fase feita e É complicado(ainda), presentes no compacto split Autoramas & Mundo Alto.


18h |Autoramas
Formada no Rio de Janeiro em 1998, o Autoramas mistura rock dos anos 60, New Wave e Jovem Guarda. Tocam rock’n roll que funciona muito bem em pistas de dança. Em 2013 o Autoramas se apresentou no Rock in Rio e foram eleitos O Melhor Show do Ano pelo jornal O Globo. A banda que já excursionou por diversos países, lançou seis álbuns, dois DVDs e várias músicas em coletâneas. Em 2016 lançaram O futuro dos Autoramas, sétimo disco da banda. Embalada por seus hits em quase 20 anos de banda, o Autoramas traz no seu repertório alguns clássicos como Você sabe, Fale mal de mim e Nada a ver, mas também mostra suas novas composições. Quando a polícia chegar, Jet To The Jungle e Problema seu, do álbum mais recente, também são faixas garantidas na apresentação da banda.


Oficina de DJ
Local sala de interfaces (2º andar)
Ingresso gratuito – retirada de senha 1h antes do início da oficina na Recepção MIS
Horário 14h e 17h
Capacidade 20 pessoas por horário
A escola Beatmasters oferece gratuitamente um mini curso de DJ de discos de vinil. Os participantes terão uma introdução de como mixar, fazer viradas e discotecar seu disco de vinil em festas e eventos.


Durante todo o dia
Feira de Discos com 80 expositores no estacionamento do MIS, vendendo desde discos de R$ 1,99 a raridades, novos, usados, compactos, deluxe editions, box sets, singles e muito mais!

Venda de vitrolas e toca-discos com a loja Passarela do Som

Food trucks

Faça seu vinil com o estúdio Vinyl Lab

DJs na área externa do Museu tocando os mais variados estilos musicais: Mariana Boaventura, Ana Dienstmann, Fabio Bardella e Cecilia Yzarra (Peru). Discotecagem 100% vinil!Saiba mais sobre o Record Store Day


Data da publicação: 12/04/2017 - 18:12
Por: Gabriel Alves