Carregando...
Publicidade
Publicidade
Showlivre.com
Cadastre-se / Entrar

Blog

Hack Town 2018: o futuro do mercado da música em pauta

Conhecida até meados dos anos 1950 pela monocultura de café, Santa Rita do Sapucaí, cidade ao Sul do interior de Minas Gerais, é considerada hoje um dos mais importantes polos industriais de desenvolvimento tecnológico, com cerca de 150 empresas exportando produtos de ponta para mais de 50 países. Transformação que teve início em 1959, com a criação da Escola Técnica de Eletrônica Francisco Moreira da Costa (ETE-FMC), primeiro centro de formação profissional do gênero na América Latina, e também com a fundação do Inatel – Instituto Nacional de Telecomunicações, criado em 1965.

Não por acaso conhecida como o “Vale da Eletrônica”, Santa Rita do Sapucaí sediará, pela quarta vez, entre os dias 6 e 9 de setembro, o Hack Town 2018. Nesta edição, o festival multidisciplinar promoverá palestras, debates, workshops, rodas de negócio e showcases. Nesses encontros, artistas e profissionais de diversas áreas trocaram experiências sobre evoluções em curso, abordarão futuras inovações tecnológicas do mercado da música e discutirão como elas contribuirão para o desenvolvimento deste importante nicho da indústria cultural e da economia criativa.

Com curadoria do produtor Carlos Henrique Vilela, o Hack Town 2018 desdobra sua programação, que levará a Santa Rita mais de 300 palestrantes, em três pilares temáticos de discussões pertinentes às diferentes frentes do mercado fonográfico: “Inspiração Para Artistas e Produtores”, “Tendências e Transformações no Mercado Musical”, “Ferramentas de Negócios” e “Diálogo e Aprendizado com Outras Áreas”, são temas centrais, que permearão a narrativa dos encontros.

Prova inconteste do interesse crescente que o Hack Town, evento inspirado no festival norte-americano SXWS, tem despertado no público brasileiro, os ingressos para conferir a programação completa da edição 2018 foram esgotados no dia 26 de agosto.

No entanto, dezenas das atrações serão realizadas em espaços públicos e/ou com entrada franca. Se você é apaixonado por música e tudo que orbita em seu universo, acredite: motivos para colocar Santa Rita do Sapucaí no mapa do seu feriado não faltarão (confira a programação completa no site oficial do evento).

A seguir, para aqueles que já asseguraram seus ingressos ou para quem, de última hora, pretende se aventurar pelas ruas de Santa Rita do Sapucaí, a redação do Showlivre recomenda uma seleção de 15 dicas especiais.

São palestras e debates que abordarão de temas premonitórios, como "Os Impactos da Tecnologia e o Futuro da Música", até questões retro-futuristas como o que será abordado no encontro "Vinil Brasil: discos feitos com alma", onde Michel Nath, fundador da Vinil Brasil, contará a história da fábrica paulistana de LPs e compactos, formatos consagrados durante décadas, depois, considerados obsoletos, e que renascem no mercado, sobretudo para os jovens ouvintes, com sabor de novidade.

7 de setembro

Financiamento Privado na Música: do canvas ao investidor
Palestra com Marcelo Coelho, saxofonista e CEO da Acelerate, a primeira aceleradora de artistas do Brasil.
Horário: 10h às 11h
Local: Hotel Real palace

Marketing Digital e Estratégias na Música
Debate com Daniela Rodrigues (empresária do rapper Rashid e diretora da produtora Foco na Missão), Marina Amano (fundadora da Listo Musi e estrategista na FS Produções Artísticas, fundada pela dupla Fernando & Sorocaba).
Horário: 11h30 às 12h30
Local: King in the Belly Backyard

O Midstream Como Antídoto ao Sertanejo
Palestra com Laura Damasceno, criadora do canal do YouTube “Música tem Vídeo”, que apresenta novas bandas e artistas.
Horário: 13h às 14h
Local: Casarão Femto

Show me The Money: quais os caminhos para estabelecer uma carreira musical?
Debate com Barral Lima (cantor, compositor, CEO do UN Music Group e idealizador de festivais de música em MG), Chico Ribeiro (responsável pelo setor de A&R da UBC) e Iuti Freiberger (diretor estratégico da Rizoma).
Horário: 14h30 às 15h30
Local: Real Palace Hotel

Promovendo sua Música em Rádios e Blogs no Exterior
Palestra com David McLoughlin, diretor do Brasil Calling, serviço especializado em música brasileira no mercado internacional
Horário: 14h30 às 15h30
Local: Restaurante Papão

Lista das Listas: medindo reputações com listas de melhores do ano
Palestra com Pena Schmidt (produtor musical, fundador do Tinitus, selo independente dos anos 1990, pesquisador e curador independente) e Rafael López Chioccarello (Mutante Radio e Play TV).
Horário: 14h30 às 15h30
Local: Real Palace Hotel

Festival Bananada: 20 Anos
Palestra com Fabrício Nobre (idealizador do festival) e Daianne Dias (coordenadora de produção do evento, que também dirige a produtora A Construtura, responsável pela gestão das carreiras de artistas como Boogarins e Bonde do Rolê).
Horário: 16h às 17h
Local: Restaurante Papão

O Papel e a Relevância dos selos na Era Digital: ainda faz sentido?
Debate com Rafael Cortes (fundador do selo Assustado Discos), Nando Machado (sócio-fundador da For Music), Marina Amano (fundadora da Listo Music) e Ygor Aléxis (criador do selo Rockambole).
Horário: 17h30 às 18h30
Local: O Cortes Pizzaria

8 de setembro 
Desmistificando a Distribuição Digital
Debate com Rodrigo Ratto (Head de Operações da Ditto Music Brasil), James Lima (co-fundador da One-RPM, ex-Believe Digita, atualmente consultor de negócios da Ditto Music) e Thiago Endrigo (Elemess).
Horário: 11h30 às 12h30
Local: King in the Belly Backyard

O Mundo Está Chato Pra Quem, Cara Pálida?
Palestra com Ken Fujioka, coordenador da primeira pesquisa sobre assédio moral e sexual no mercado de comunicação brasileiro.

Horário: 11h30 às 12h30
Local: Anfiteatro da ETE FMC

Vinil Brasil: discos feitos com alma
Palestra com Michel Nath, poeta, compositor, músico, DJ, produtor cultural e fundador da Vinil Brasil, fábrica de LPs e compactos sediada em São Paulo.
Horário: 11h30 às 12h30
Local: Real Palace Hotel

Os Impactos da Tecnologia e o Futuro da Música
Debate com Sergio Martins (crítico musical da revista Veja), Daniel Bacchieri (criador do Street Music Map, canal colaborativo de divulgação de músicos de rua espalhados ao redor do mundo) e Thor Moura (músico independente e fundador da startup Sling Musical).
Horário: 13h às 14h
Local: O Corts Pizzaria

Festivais de Música: o que pensam os organizadores e como chegar lá
Debate com Luciano Benetton (cofundador do Locomotiva Festival), Fabrício Nobre (cofundador do Festival Bananada), Barral Lima (CEO do UN Music Group) e Iuri Freiberger (Diretor da Rizoma)
Horário: 14h30 às 15h30
Local: King in the Belly Backyard

Como as Cidades Podem se Beneficiar das Suas Cenas Musicais?
Debate com Pena Schmidt (produtor musical, pesquisador e curador independente), Celso Reeks (criador do Projeto Artistas na Rua), Marcelo Educa (pesquisador do Contexto de Cidade e produtor cultural) e Lalai Persson (fundadora da Marfa e editora do Chicken or Pasta).
Horário: 17h30 às 18h30
Local: King in the Belly Backyard

9 de setembro

Planejamento Criativo Para Canais de YouTube
Workshop com Greta Paz (jornalista e fundadora da Eyxo, especialista em broadcast journalism pela New York Film Academy) e PC Dias (fundador da Mosh, empresa de content experience)
Horário: das 10h às 12h

MAIS

Durante o Hack Town 2018, em diferentes espaços e horários, sertão realizados shows de bandas como Moons, Wazadog, Trema, Pedro Bala e os Holofotes, King in The Belly, Nobat, Travelling Wave e NDK.

Veja o teaser oficial do Hack Town 2018